Entre para este grupo!

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Bom humor contagia!!!

A Felicidade pode ser contagiante: Conceição Trucom


Segundo um estudo publicado na revista científica British Medical Journal, pelos pesquisadores Nicholas Christakis e James Fowler, a felicidade pode ser contagiosa. Segundo os dados do estudo, a felicidade de uma pessoa pode "contagiar" aqueles com quem ela se relaciona. Os pesquisadores mediram como as redes sociais estão interligadas à felicidade dos indivíduos.

A pesquisa revelou que o bom humor contagia aos parceiros, parentes e amigos. O estudo realizado com 5124 adultos (24 a 70 anos) sugere que a felicidade de uma pessoa influencia a felicidade daqueles que o cercam. Se um amigo seu fica feliz, e ele mora a menos de uma milha (1,6 km), aumenta em até 25% a sua probabilidade de sentir mais ânimo e felicidade.

Essa é uma responsabilidade que poderíamos nos propor assumir para 2009. Porque se cada um tiver, para consigo, um compromisso de encarar os desafios inerentes da vida com mais realidade (mais localização, menos ilusão), bom humor e otimismo, estaremos aumentando as chances das pessoas que nos cercam estarem mais dispostas e despertas para esta mesma vibração. Esse é um efeito dominó, um contágio, bem saudável de se propagar, certo?

Fator Felicidade 1 - A proximidade
Foi encontrado que pessoas felizes que vivem em comum com outra(s) pessoa(s) aumentam a possibilidade da outra sentir felicidade, sejam parceiros, irmãos e parentes que moravam próximos e até vizinhos. O contágio da felicidade parece se estender até 3 graus de separação: até o amigo e o amigo do amigo.

Fator 2 - "Núcleos Concentrados de Amor"
Os resultados do estudo sugerem que existem "núcleos concentrados de amor" que disseminam o positivismo e esperança, que não dependem apenas da proximidade dos indivíduos.

O mais importante é que a saúde e o bem-estar das pessoas inseridas em redes sociais podem se propagar em ondas; afetando positivamente, ou seja, contagiando a saúde e o bem-estar das outras pessoas, diz o estudo.

O Professor Andrew Steptoe, especialista em psicologia da "University College London", afirma: "faz sentido intuitivamente que a felicidade das pessoas à nossa volta tenha impacto em nossa própria felicidade".

Ele afirma que este estudo tem implicâncias para a saúde pública porque: "Se a felicidade é de verdade transmitida através de conexões sociais, poderia indiretamente contribuir para a propagação social da boa saúde em todos os seus aspectos" finalizou.

Fator 3 - O compromisso pessoal
É evidente que a desesperança e desamparo também se propaga por redes sociais, pois trata-se somente da mesma onda com polaridade OPOSTA.

Assim, cabe a cada um de nós cuidarmos para que a conexão seja com os "núcleos concentrados de amor" e fazermos parte deste efeito dominó de saudável contágio. Afinal, o mesmo ambiente que contagiamos, nos re-torna ainda mais felizes e animados.

Nos ligamos e fortalecemos nossos laços com os "Núcleos Concentrados de Amor" toda vez que:

- Praticamos a Terapia do Riso!!!

- Cuidamos bem da nossa vida: corpo (alimentação, exercícios e descanso), mente (ler, estudar, aprender, decidir), metas (amar desafios), lazer (amar se divertir e relaxar), amigos. Afinal cuidar bem da nossa vida é um ato de amor que logicamente contagia - transborda - a todos pela nossa leveza, vitalidade e gostosura, hehe!

- Cuidamos de meditar, orar, solidarizar, fazer artes (das boas), escrever, poetisar, dançar, cantar, pintar, brincar, celebrar, caminhar (na praia, na praça, na calçada, no parque, na floresta, no quintal)...

- Cuidamos bem do nosso tempo, valorizando-o, respeitando-o, sentindo gratidão por cada segundo de nossa vida, cada momento, cada sensação, cada sinal que a vida nos oferece para aprender, transformar e curar.

- Cuidamos atentamente, amorosamente das nossas escolhas, decisões e semeaduras. Parabéns, pois ao realizar este cuidado significa que os 3 primeiros cuidados já estão acontecendo.

- Praticamos a Terapia do Riso!!!

Entretanto, cada vez que DESLIGAMOS o contato com todos os "Núcleos Concentrados de Amor", mudamos nossa polaridade e:

- Ficamos ligados ou identificados com os Núcleos do Consumismo e Imediatismo;
- Ficamos fascinados pelos modelos e ícones destes núcleos de ilusão, desamor e destruição;
- Ficamos fascinados (dependentes) por alimentos industrializados, processados e de origem animal;
- Ficamos desanimados (sem anima ou alma), impotentes, empobrecidos em todos os valores e desamparados.

Dói reconhecer, mas é verdade!
Sem se reconhecer como parte de uma engrenagem infeliz, ou sem viver esta dor da conscientização, não tem como desligar e mudar a frequência. Não tem como ser feliz e ser um magnânimo CONTAGIADOR da felicidade.

Cada vez que deixamos de ler, meditar, brincar com nossos filhos ou exercitar-se para: ver TV, assistir novelas, noticiários e quilos de comerciais; deixamos de ser um potencial contagiador de Amor e Felicidade e passamos a ser um contagiado pelo capitalismo selvagem.

Cada vez que deixamos de nos alimentar com alimentos naturais e saudáveis para nos entupirmos de açúcar, chocolate e fast food, deixamos de ser um potencial contagiador e passamos a ser um contagiado, uma vítima empobrecida (literalmente) e vulnerável pela indústria da doença.

Cada vez que deixamos de investir em cultura, autoconhecimento e plantar/colher para: comprar "desnecessariedades"; nos tornamos mais ignorantes e estressados, para pagar as contas das "desnecessariedades"; no final de cada mês.

Bem, esta é a minha mensagem para 2009: Contagiar de Felicidade e Bom Humor!!!

E não esqueçam do projeto Quero viver num planeta que RI, criado em 2001, que em 2009 irá se materializar em livro.

Pratique!!!

Nenhum comentário: